© 2023 por Arte Scaena. Orgulhosamente criado com Wix.com

Fligê 2019

.

🎭A CazAzul teve a alegria e a honra de participar da Fligê 2019, na direção artística da Fligêzinha, espaço destinado às crianças. Este trabalho nos proporcionou trocas artísticas e encontros lindos com escritoras, contadores e contadoras de histórias, musicistas, atores e atrizes, tanto de Mucugê quanto convidados de outras cidades.

.

🎈Com a mais nova montagem do livro infantil "Cecéu, o poeta do céu" escrito por Adelice Souza e adaptado por Adriana Amorim, os atores do NUMCA (Núcleo de Montagem da CazAzuL) trouxeram um pouco da vida e da obra de Castro Alves para os palcos da Fligêzinha. A poesia e diversão ficaram por conta de Yarle Ramalho, interpretando Irineu e Cecéu, Hannah Abnner, interpretando Maria e Eugenia e Joanne Vale, interpretando a Professora, com um delicioso bate papo ao final da apresentação.

.

A alegria e os sorrisos foram alinhavados pelo Mestre de Cerimônias Vicente di Paulo, que não só esteve junto dos artistas que ali se apresentavam, mas também de toda a criançada, fazendo o cuidadoso trabalho de mediação, importantíssimo para o processo pedagógico.

.

🎉A CazAzuL também marcou sua presença com um trio bastante animado e brincalhão fazendo a festa no "Brincando com as Palavras". Abobrinha, Beringela e Pimentinha animaram a criançada com diversos jogos e histórias durante esses 3 dias de Fligêzinha, com a participação mais que especial de Flávia Pacheco, contadora de histórias vinda direto de Rio de Contas. Só alegria.

.

🌻Depois de tantas trocas, diversões, histórias, momentos e encontros lindíssimos, resta a nós da CazAzuL Teatro Escola agradecermos profundamente pelo convite e pela oportunidade de estarmos juntos desse maravilhoso projeto cultural que é a Fligê.

Abaixo, trechos da entrevista concedida por Hendye Gracielle, diretora da CazAzul, que evidencia a importância do trabalho desenvolvido pela CazAzul na Fligezinha:

FLIGE - PERGUNTA:

Eu quero saber como a Fligêzinha, espaço dirigido pela Cazazul, comunga com os princípios de democracia e diversidade, essenciais para a Fligê.

CAZAZUL - RESPOSTA:

As experiências artísticas, e podemos falar sobretudo das teatrais e literárias, são por si só revolucionárias no sentido social e também pessoal. A CazAzul tem como princípio norteador este desejo de democratizar o acesso a estas experiências, tanto de fruição como de produção artística. E este princípio coaduna totalmente com o espírito da Fligê, de modo que é aplicado integralmente nas ações da Fligezinha.

 

A Fligezinha, sobretudo nos últimos dois anos, oferece para as crianças: ações de fruição (espetáculos, leituras dramáticas), reflexão (bate-papos com escritores e artistas) e participação criativa (jogos teatrais e recreação criativa). Na fligezinha, literatura e teatro garantem os princípios democráticos defendidos por ambas as instituições - Fligê e CazAzul.

 

A Fligezinha se configura, portanto, como este espaço pensado e realizado com e para as crianças, onde elas têm contato com as obras literárias e artísticas assumindo um papel ativo nas interações. Podemos dizer que é um lugar de criação conjunta, inclusive no aspecto do encontro entre as crianças visitantes da feira e as crianças da própria comunidade de Mucugê.

 

FLIGÊ-PERGUNTA:

Qual é a relevância de integrar o público infantil nas atividades propostas pela feira.

 

CAZAZUL - RESPOSTA:

As ações voltadas para as crianças objetivam, num primeiro nível, proporcionar prazer no contato com a literatura, apresentando novas opções de entretenimento para além das tecnologias digitais. Por exemplo, o uso do corpo nas brincadeiras conduzidas pela CazAzul são um modo de encarnar a experiência literária, bem como o uso de elementos visuais nas peças e cenas teatrais, de modo a tornar multi-sensorial a experiência artística.

 

E as ações voltadas ao público infantil vão além: atuam na criação de memórias positivas; desenvolvimento de habilidades criativas a partir do estímulo da imaginação pelo uso da palavra; aumento do repertório simbólico; desenvolvimento da empatia, ao se colocar no lugar de um personagem.

 

Integrar o público infantil na Feria Literária é um movimento essencial, que acreditamos deva ser cada vez mais ampliado e potencializado. Representa a possibilidade dessas crianças se tornarem não apenas leitores, mas produtores da literatura do futuro, com reflexão, pensamento crítico e consciência social.

FLIGÊ

Feira Literária de Mucugê

A CazAzul Teatro Escola marca presença na 3ª edição da Fligê com diversos produtos artísticos (peças teatrais, leituras vivas, recreações), e também na produção artística da Fligêzinha – espaço do evento reservado às crianças.

Confira abaixo a programação da CazAzul na Fligê.

CazAzul marca presença na 3ª edição da Fligê

Passo

Leitura Viva,

com Hannah Abnner

Um dia naquela semana

Leitura performada do texto de Adriana Amorim

Curso intensivo de boas maneiras

Leitura Viva,

com Thiana Barbosa

CazAzul na Fligezinha:

Birigui

Leitura dramatizada do livro de Maurício Meirelles

Raul, Lira e o Incrível Livro da Capa Azul

Espetáculo teatral infantil

Bate-papo com elenco e autora após a peça.

Brincando com as palavras

Jogos teatrais e brincadeiras musicais com as crianças da Fligezinha, conduzidos pelo elenco da CazAzul.