CazAzul dá início a mais uma temporada do projeto Curta Cuarta

Por Aline Ribeiro e Bruna Fentanes*


Equipe do Curta Cuarta

Na última quarta-feira, dia 19 de setembro, a CazAzul Teatro Escola iniciou sua segunda edição do Curta Cuarta, projeto com objetivo de receber produções artísticas de Vitória da Conquista e região. Com um clima de muita felicidade, devido à continuidade do projeto que começou no semestre passado, Yarle Ramalho, mestre de cerimônias, abriu o evento expondo as atrações da noite. Este momento foi seguido de uma impactante fala de abertura, em que o Curta Cuarta foi proclamado como um espaço de resistência e reafirmação de valores como democracia, afeto, liberdade artística e celebração cultural.


A primeira demonstração artística da noite ficou a cargo de Thiana Barbosa (31), professora de dança e também coordenadora artístico-pedagógica da CazAzul. Sua apresentação “Aqui-Agora: Jogo de Composição Coreográfica” atua na criação coreográfica em tempo real, a partir da participação do público. O jogo exposto foi resultado do seu projeto de trabalho de conclusão de curso (TCC) da Uesb; apesar de ter sido baseado em jogos de outras pessoas, a forma como sua composição coreográfica se apresenta e se organiza foi criação dela.


Foto: Rebeca Reis

A segunda atração foi a exibição do curta-metragem “Baú do Zuzu – Uma busca pelas histórias dos cinemas de Brumado”, dirigido pelo estudante de cinema e audiovisual da Uesb, Raul Ribeiro (23). O documentário foi produzido para o cumprimento de duas disciplinas na Universidade, “Oficina de Documentário” e “Montagem e Edição II”, e surpreendeu pela qualidade e maturidade estética. Nascido e criado em Brumado, Raul sempre teve vontade de contar a história dos cinemas de sua cidade natal. “Frequentei um cinema lá quando era pequeno, só durou dois anos e um tio da minha mãe teve dois cinemas lá, que minha família toda frequentou...” diz o estudante.


O documentário, com duração de 17 minutos, narra de forma leve e divertida as histórias dos cinemas de Brumado, com participação de familiares e depoimentos de pessoas que participaram dessa história. Esse curta foi o primeiro trabalho concluído no curso com cujo resultado Raul se sentiu satisfeito e orgulhoso de poder apresentar às pessoas. Além dessa exibição, o estudante já havia apresentado outro documentário (Cena em Cine) e o videoclipe Serana, de Ana Barroso, na primeira temporada do Curta Cuarta.


Foto: Rebeca Reis

A última atração da noite foi um pocket-show musical apresentado por Tereza Raquel, David Prates e Renato Schettini. O propósito dos artistas era levar a dança tradicional Coco, movimento raiz do nordeste, para as pessoas conhecerem e entenderem a importância da cultura nordestina e seu símbolo de força e resistência. Tereza Raquel (27), cantora desde pequena, ficou cinco anos no Vale do Capão e agora retorna a Conquista com o seu pandeiro e alfaia, com o intuito de difundir a música nordestina na cidade.


O Curta Cuarta continua acontecendo todas as quartas-feiras, até o dia 31 de outubro, na CazAzul Teatro Escola, que fica na Travessa Otávio Santos, 60, Recreio. A entrada é gratuita.



*Texto: Aline Ribeiro e Bruna Fentanes

(Estudantes do curso de Jornalismo da UESB.)

** Fotos: Rebeca Reis


© 2023 por Arte Scaena. Orgulhosamente criado com Wix.com